A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

18/10/2015

Em Defesa do FC Porto

18/10/2015 + 14 Comentários API
NÃO ACREDITO QUE OS PORTISTAS DEIXEM QUE ISTO ACONTEÇA.



Talvez por desconhecerem o assunto. Mas a partir de agora têm aqui neste blogue um defensor do rigor histórico no nobre clube da cidade do Porto.

Enquanto fazia pesquisas na passada semana para saber o dia em que o FC Porto se tinha estreado em Basquetebol percebi que os dirigentes do FCP andam equivocados. E por desconhecimento enganam os seus adeptos e todos os outros, incluindo os media.

Os jornais da cidade - O Primeiro de Janeiro, Comércio do Porto e Jornal de Notícias - assinalam, pelo menos, desde 1918 o aniversário do clube. E fizeram-no todos os anos, até há bem pouco tempo, em Agosto de cada ano. 

Eis um exemplo para 1926, no 20.º aniversário, pois fiz digitalizações de várias notícias - a propósito do Basquetebol - e é essa noticia que aqui deixo publicada. É d' "O Primeiro de Janeiro", mas podia ser de qualquer outro Jornal. E antes de 1926 e depois de 1926. Esta é de 1926 porque foi digitalizada da mesma página onde retirei a notícia da primeira participação do Basquetebol do FCP numa competição, a "Taça António Cardoso" datando pela primeira vez a estreia do FC Porto, pois nem o Clube (e o Museu do FCP) o fizeram até hoje! Vamos primeiro ao mais importante. O nascimento do Clube.

O Primeiro de Janeiro; Página 2; 2 de Agosto de 1926
Não faz sentido
Que António Nicolau de Almeida que faleceu em 1948 deixasse que o FC Porto andasse décadas a comemorar o aniversário na data errada. Aniversários anunciados todos os anos, em pelo menos três jornais diários da cidade e nos anos "redondos" 1931 (25 anos), 1936 (30 anos) e 1946 (40 anos) com pompa e circunstância. Que interesse teria alguém ter fundado um clube e deixar que o ignorassem como fundador durante, pelo menos, 42 anos (1906-1948). Mesmo que se quisesse esconder ou tivesse vergonha do clube, não é possível acreditar que deixasse que o clube incorresse em tão grave erro, nem que nunca contactasse um jornal da cidade para esclarecer tão importante assunto para qualquer ser, biológico ou social. A data exacta em que nasceu ou foi criado. Seria um malfeitor se tal tivesse acontecido.

Só como absurdo pode ser entendido
Como foi possível António Nicolau de Almeida deixar que o clube que fundara em 28 de Setembro de 1893 andasse a honrar José Monteiro da Costa como fundador e a data de 2 de Agosto de 1906, todos os anos, pelo menos desde o 12.º aniversário (1918)? E que os três principais jornais da cidade o fizessem anualmente?! É inverosímil, impossível. Só o absurdo pode justificar tamanho desprezo de António Nicolau de Almeida pelo FC Porto. Entre 1906, 1918 (nos jornais da cidade) até 1948! Nunca repôs a "verdade". O que actualmente os dirigentes do FCP e os media que dão cobertura a tudo isto o que fazem é desprezar António Nicolau de Almeida. A sua memória. Ele enquanto esteve vivo nunca permitiu tamanha mentira. Se fosse ele o fundador do clube anunciava-o. Esclarecia. Explicava. Assim que alguém sem respeito por ninguém nem coisa nenhuma se apanhou na "Cadeira do Poder" o que fez foi inventar o que nunca existiu. Apanharam-no morto e vexaram a memória de António Nicolau de Almeida. Estou para ver quando voltam a ter vergonha e repõem o que nunca devia ter sido alterado. Honrando José Monteiro da Costa e António Nicolau de Almeida. Que não são personagens. Não são ficção. Foram gente. São personalidades da cidade. Mereciam mais respeito!


Jornal "O Porto" n.º 1; última página; 24 de Maio de 1949; Semanário (terças-feiras)
Em 1970 com publicação ao sábado
Agora o Basquetebol Portista
No fundo foi através da pesquisa acerca do dia da sua estreia que me apercebi que anos antes e anos depois de 1926 a fundação do clube foi amplamente anunciada e honrada nas páginas dos jornais. Deixo apenas uma notícia de "O Primeiro de Janeiro" por ser económico. Era o que mais me havia de faltar. Gastar dinheiro com assuntos do FC Porto. Cada digitalização custa 35 cêntimos do Euro. Os portistas que o façam. A notícia que publico surge por acréscimo. Não custou mais. Veio junto às notícias dos primeiros jogos de basquetebol do FCP. Que era o que me interessava saber. Quanto tempo teve de avanço, do Benfica, o basquetebol portista?
É que a história publicada pelo FCP era muito vaga. Eis o que se escreveu acerca do assunto e que é o que está no Museu do FCP (pelo menos estava quando o visitei pela última vez):


História do FC Porto (1906-1956); Rodrigues Teles; Página 453 (extracto inicial)
Considero esta história muito bem feita, bem estruturada (neste aspecto é superior à do Benfica) pois no final de cada ano civil tem uma tábua cronológica. A do ano de 1926 ocupa três páginas (da 544 à 546) com 32 datas (há dias com mais de uma citação) mas nenhuma referência ao Basquetebol. Publico a "cabeça" do ano (1926) e o mês (Junho) que "interessa para o assunto":



Páginas 544 e 545 (extractos) da obra citada
Depois de ter começado em 1 de Janeiro de 1926, consultado os três jornais da cidade, percebi que seria em "O Primeiro de Janeiro" que conseguiria melhor o que queria por este dar destaque às modalidades, não apenas ao futebol. Fui correndo dia-a-dia até chegar ao que pretendia:
Jornal "O Primeiro de Janeiro"; Página 2; 19 de Junho de 1926

Jornal "O Primeiro de Janeiro"; Página 2; 17 de Agosto de 1926

A partir de hoje deixa de existir qualquer dúvida. O Basquetebol do FC Porto estreou-se em 20 de Junho de 1926, na 1.ª jornada da "Taça António Cardoso", torneio organizado pelo Clube Fluvial Portuense. O seu primeiro adversário foi o Grupo Acemista (ACM/ Associação Cristã da Mocidade), num encontro jogado no campo do Grémio do Candal, com início (previsto) pelas 16 horas!

Eis um Benfiquista a dar uma borla aos portistas. Aproveitem-na. Tal como José Monteiro do Costa deve ter imaginado que os seus seguidores fariam!


Alberto Miguéns
14 comentários
comentários
  1. Se quiseres uma borla, terei todo o gosto em pagar-te uma visita ao museu do FCP, onde podes consultar os tais documentos que um historiador diz que não existem, e uma noticia de 1904/1905 salvo erro sobre o aniversário do FCP que uns anos antes tinha efectuado o seu primeiro jogo.

    Poderá também descobrir porque razão, quando, e em que locais foram descobertas provas (datadas e certificadas) sobre a real fundação do clube em 1893. Está tudo lá, é só visitar...

    E não fale pelo Nicolau.. fica-lhe mal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esse clube nada tem a ver com o FC Porto. Eu tenho um amigo chamado Afonso Henriques e ele nunca se intitula Primeiro Rei de Portugal.

      Fica mal é aos portistas inventarem para fundador de um clube um homem que viveu sempre com H grande. E nunca reivindicou entre 1906 e 1948 aquilo que não lhe pertencia. Ser fundador do FCP. Agora fazem dele homem com h pequeno. Ele não merece. Se fosse fundador teve 42 anos para o dizer. Nem associado foi o FCP quanto mais fundador. O FCP que mostre a ficha de associado dele (manuscrita) no Museu. O tanas!

      Alberto Miguéns

      Eliminar
    2. Engraçado...

      Mas cuidado Alberto, com tanta fraude e mentiram eles são capazes de já estar a forjar a dita ficha de associado...

      "uma noticia de 1904/1905 salvo erro"... Salvo o erro, salve a fraude e a mentira. Salve tudo. Qualquer dia, D. Afonso Henriques será o primeiro sócio do clube e Viriato o fundador.

      Eliminar
    3. Será que Estaline também tinha um museu seu onde as pessoas podiam lá visitar todos os documentos certificados e datados ?

      Eliminar
    4. Depois do Nicolau ter fundado o foculporto em 1893 quando tinha 20 anos, deu-lhe um ataque de alzaimer. Só pode !!!

      Viriato fundador daquele grémio? Nunca !!!
      Se ele passasse menos tempo a lutar contra os romanos, seria o Glorioso a ser fundado até porque as suas guerras foram todas travadas abaixo do Douro até à Bética.

      Teria sido ele a fundar em Viseu o Lusitano de Vildemoinhos ? (terra do Carlos Lopes)... ou do Lusitano de Évora? Talvez...ele andou por lá à "porrada"...vou pedir ao Miguéns que investigue...

      Eliminar
    5. Os Andruptos, salvo muito poucas excepções, são ignorantes e complexados em relação ao que dizem ser o "centralismo de Lisboa".
      Mas essa teoria cai bela base porquanto a única notícia que têm da fundação de um tal Football Club do Porto (chamemos-lhe antes FCP I) a 28 de Setembro de 1893 saiu justamente num jornal de Lisboa, o extinto Diário Illustrado com sede na Travessa da Queimada, 35 em pleno Bairro Alto (onde existiram as sedes de inúmeros jornais como o Diário de Notícias por exemplo).
      Curioso é o facto de não haver, nos jornais da cidade do Porto, nenhuma referência à existência desse clube (ou club) na mesma data (1893). Para além disso a notícia do Diário Illustrado fazer já referência aos sócios desse clube. Contudo, nas mais antigas Histórias sobre o F.C.Porto, Rodrigues Teles ou Camillo Moniz fazem referência aos sócios a partir de Agosto de 1906, não havendo qualquer referência a eventuais associados de 1893.
      De facto sabe-se que houve uma partida de futebol (ou melhor dizendo de football)entre jogadores do Porto e de Lisboa a 2 de Março de 1894. Só que há um problema. A maior parte, senão todos, dos jogadores que alinharam pela cidade do Porto eram os ingleses que jogavam pelo Velo Club do Porto.
      Uma vez mais. Onde está o FCP I? Pois...
      Quanto à história das provadas datadas e certificadas (risos) há uma carta apócrifa (ou seja, forjada!!!) supostamente escrita e assinada por Nicolau d'Almeida e dirigida a Guilherme Pinto Basto (presidente do Football Club Lisbonense e introdutor da modalidade em Portugal) onde a uma caligrafia que tanto pode ser do séc. XIX como do séc. XX (a minha avó ainda usava aquela caligrafia há pouco mais de 20 anos atrás) existe um pormenor que faz toda a diferença que é.... o carimbo. Um carimbo de cor azul com os dizeres "Football Club do Porto". Ora qualquer filatelista ou pessoa que tenha estudado a história dos selos e carimbos em Portugal (ou até qualquer catálogo filatélico) pode aferir que no final do séc. XIX todos os carimbos usavam uma tinta preta muito oleosa quem em 90% dos casos esborratava e que não existia qualquer carimbo com aquelas características e, como tal, aquele carimbo será uma imitação rasca feita nos anos 1980.
      Também curiosa é a forma como a assinatura da carta utiliza a fórmula "Pelo - Football Club do Porto - Presidente - Assinatura", que é, curiosamente, a mesma fórmula que está presente num documento assinado por Pinto da Costa dirigido à RTP em 1985 (quando no cabeçalho ainda constava a fundação do clube como tendo sido em 2 de Agosto de 1906) "Pelo - Futebol Clube do Porto - Presidente - Assinatura".
      Seria curioso comparar com documentos assinados por José Monteiro da Costa para saber que fórmula de despedida é que o mesmo utilizava como presidente do FCP II.

      Eliminar
    6. EM DEFESA DO BENFICA...DIZ NA TUA ACTA ONDE CONSTA O NOME DE COSME DAMIÃO...NÃO TEM PORQUE NUNCA EXISTIU...

      Eliminar
    7. Caro

      Lê a entrevista de Cosme Damião publicada no topo do blogue. Ficavas com inveja de não pertencer a um clube que tem uma fundação transparente descrita, em 1945, por um fundador em 1904. Tudo explicadinho.

      A inveja é feia

      AM

      Eliminar
  2. Não está mau. Um fundador que durante 36 anos ignorou o clube que supostamente fundou.
    Não está mau. Umas dezenas de Direcções que ignoraram o seu fundador.
    Não está mau. A comunicação social portuense ignorou durante décadas a data da "verdadeira" fundação.
    Não está mau. Toda uma sociedade civil que ignorou.
    Não está mau. Dezenas e dezenas de investigadores sem capacidade de deslindar a "verdadeira" data.
    Um fundador distraído? Um fundador alheado? Um ignorou, outros ignoraram e agora outros inventaram.
    Não está mau. Está terrível.

    Foi preciso esperar tantas décadas para aparecer alguém com a "inteligência" de descobrir o que Nicolau de Almeida, Direcções sucessivas, comunicação social, sociedade civil ignorou, esqueceu ou apenas não estabeleceu ligação.

    Ao contrário, no Benfica sabemos quem somo e de onde viemos. Em 1907/1908 o Clube ainda se chamou Sport Lisboa. em 1908 foi produzida documentação (actas oficiais) que reporta todo o processo de fusão - meticulosamente descrito - que demonstra a ligação entre o Sport Lisboa e Grupo Sport Benfica para definir o Sport Lisboa e Benfica.

    Na Luz sabe-se bem quem somos, de onde viemos, quem nos fundou, quem nos guiou até à grandeza actual.

    E sabemos reconhecer e estimar a memória Saudosa dos nossos fundadores. Apesar de existir quem queira confundir tudo. Mas esses serão desmentidos pela verdade dos factos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. SABES ??ONDE ENTRA O COSME DAMIÃO??QUE NEM PRESIDENTE FOI ,NEM FUNDADOR...TEVE 39 ANOS PARA REPOR O ERRO TAMBÉM...

      Eliminar
    2. Deixa de falar de cor. Lê a entrevista porra! Ou és analfabeto. Se não consegues ler pede a alguém. Está no topo deste blogue. Chama-se Cosme Damião (entrevista). Tudo muito bem explicado. Deixa de ser parvo a inventar. S~e homenzinho se não consegues ser homem. Já nem falo de H grade!

      AM

      Eliminar
  3. É inacreditável a cegueira em que alguns vivem: "quando e em que locais foram descobertas provas (datadas e certificadas) sobre a real fundação do clube em 1893" ...... e o tal Nicolau não foi mencionado em nenhum documento, declaração, entrevista durante 80 anos!!!!!! Nem sequer pelos verdadeiros fundadores, membros do Grupo do Destino. É muito fácil inventar historietas e dá-las de comer aos papalvos! Nota: "aquele" jogo foi entre uma espécie de selecção de jogadores de clubes da cidade de Lisboa com jogadores de clubes da cidade do Porto!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E O COSME DAMIÃO FOI? QUEM NUNCA FOI PRESIDENTE NEM FUNDADOR,QUE NÃO ENTRA NA ACTA DA TUA FUNDAÇÃO É DE RIR
      NICOLAU DE ALMEIDA NUNCA FOI MENCIONADO??DIARIO ILUSTRADO,JORNAL LISBOETA...

      Eliminar
  4. FranciscoB18/10/15 12:02

    Excelente!

    Uma consideração - qd diz "Gastar dinheiro com assuntos do FC Porto", não é bem assim... o seu trabalho como "desmascarador" da política mentirosa/nazi/manipuladora da História, levada a cabo pelas direcções do fcp nos últimos 35 anos (q é bem o espelho de todas as suas actividades) é mt importante para o Benfica.

    Uma sugestão - sp q possível, publique os documentos datados - é q este tipo de gente pode ir à fonte alterar ou queimar o q está escrito... é evidente q tem cópia dos documentos em questão mas a sua publicação datada, nem q seja apenas na net, torna + difícil a manipulação histórica...

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail