A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

03/04/2017

Eu Bem Dizia...

03/04/2017 + 4 Comentários
ESTE ASSUNTO ESTÁ MAIS DO QUE RESOLVIDO. MESMO QUE ALGUNS DOS SENHORES (E SENHORAS) PENSEM QUE ENGANAM A GLORIOSA
HISTÓRIA. NÃO ENGANAM NEM A ACHINCALHAM.


Estão no Clube para se servir dele e não para o servir (clicar). Agora vai ser uma questão de tempo. Mas nunca deixarei de Defender o Clube. Ainda para mais sendo associado. A verdade é como o azeite vem sempre à tona. Quanto mais tempo demorarem a repor a legalidade como até a FPF já fez (clicar), mais ridículos serão. O que não se vão livrar é de ficarem conhecidos como os que tentaram aldrabar a "Gloriosa História". E hei-de dar "nome aos bois". A responsabilidade deve-se aos dirigentes eleitos pelos associados que não dirigem mas são dirigidos por funcionários da Benfica SAD através da Comissão Executiva (não eleitos). Eis até três assuntos mais gravosos - que viciar o palmarés - entre outros, que não deixam de nos envergonhar:

1. Já chamaram Júlio a Cosme Damião;

2. Já "tiraram Cosme Damião da fundação" dizendo que o clube foi fundado por dez elementos (ele fazia parte dos outros 14 que foram riscados);

3. O Clube "temporariamente" deixou de ser fundado na Farmácia Franco e "foi-se fundando mais ou menos até Agosto de 1904". Gente parva com Poder só que este nunca é eterno! Como tudo há sempre um dia em que este "foi-se" Aproveitem os últimos dias! Depois terão que ir para o vosso "clube de coração"! Um já foi (e eu avisei, em Dezembro de 2010, o Clube das aldrabices mas sportinguistas atraírem sportinguistas dentro do "Glorioso" foi mais forte): Ricardo Serrado! Que só saiu em Dezembro de 2012 por não conseguir "desenrascar" o Museu e desesperados terem ido buscar-me, em Junho de 2012) apesar de eu nem estar interessado por motivos que já apresentei mais de uma vez neste blogue! Mesmo ridicularizando-os (clicar). Só que a urgência de inaugurar o Museu era terrível num tempo de "vacas magras" (2011/12)! O Benfica do século XXI dá para fazer um Romance!


Isso eu vos garanto! Mas não foi isso que me fez fazer o texto de hoje. Veio só no seguimento já que depois me dizem - com razão - (e ao António Melo) em "A Bola" que é o próprio Clube que credibiliza pessoas e é conivente com as aldrabices. Porquê "marrar" com eles! Já não me vão voltar a deixar calado por terem razão.  

Então vamos ao que realmente interessa (e é hoje estreia no blogue)
O assunto deste texto foi ter uma vez - ou mais - quando este blogue lutava para repor a verdade acerca da equiparação da Taça de Portugal ao Campeonato de Portugal e, assim, honrar quem nos honrou o passado ter dito que os jornais contemporâneos da mudança de designação, no Verão de 1938, continuaram a listar as Taças de Portugal como continuação do campeonato de Portugal. E num desses textos disse mesmo que tinha ideia - embora não fosse gastar tempo a saber se era verdade ou não - que o jornal "A Bola" fundado muito depois dessa decisão, concretamente sete anos e meio depois (29 de Janeiro de 1945) apesar disso como era um jornal feito por jornalistas com classe e sabedores do assunto também listavam as Taças de Portugal como continuação do Campeonato de Portugal. Hoje posso provar o que em tempos afirmei.

Como há Benfiquistas em todo o lado
Eis que estou a receber as páginas de "A Bola" desse final dos anos 40 e início de 50 em que se prova aquilo que disse - foi mais insinuar - que era verdadeiro. Não havendo Taça de Portugal em 1947 e 1950 deixo para já os quadros publicados no jornal "A Bola" em 1945 e 1949. Em 1946, Mestre Cândido de Oliveira decidiu que era mais importante falar da fantástica táctica utilizada pelo SCP e não houve nesga no jornal para colocar lá o quadro resumo. 

1945: 6.º título para o Sporting CP
Quatro como campeão de Portugal e dois com o nome de Taça de Portugal.

(clicar em cima das imagens para visualizar com melhor leitura)



1948: 8.º título para o Sporting CP
Devo ter entre hoje e amanhã a digitalização do quadro publicado em "A Bola". Será publicado aqui assim que me for enviado. Acabado de chegar. 16:15 da tarde de hoje. Oitavo título: quatro como campeonato de Portugal e quatro como Taça de Portugal.



1949: 7.º título para o "Glorioso"
Três como campeão de Portugal e quatro com o nome de Taça de Portugal.


1951 e seguintes
Quando me forem chegando vou colocando aqui as listas. Sempre havemos de descobrir quando é que "A Bola" decidiu fazer revisionismo e alterar o que os seus fundadores decidiram (bem) por que foram contemporâneos do assunto. Tudo isto acaba por ser curioso porque a maior parte de quem escreve agora em "A Bola" não passa apenas de saber usar chicoespertismo por que nem sabe o que é - o que foi - o jornal onde trabalha. Ainda não há muito tempo António Simões «descobriu a pólvora» fazendo um arrasoado de descobertas inacreditáveis que para ele mostravam que uma competição era o seguimento da outra, quando bastava ir ler - no local onde trabalha - os jornais atrasados nos dias referentes à publicação das crónicas dessas finais da Taça de Portugal e seguir, honrando os Mestres que credibilizaram um jornal para os «chicos-espertos de agora» viverem dele! Do crédito que outros - os pioneiros - permitiram que tivesse angariando leitores e fama! Actualmente de mim, não levam "cheta"!

Vão cantar para outro lado!

Alberto Miguéns

NOTA: Espero que em "A Bola" saibam fazer as contas. Se tiverem dificuldade em "sacar uma" digo-vos onde arranjarem a calculadora.



Se o Benfica, em 1949, tinha 7 títulos como entretanto conquistou mais  21, tem 28. Ora se conquistar a Taça de Portugal em 2016/17 passa a ter 29.

É a 29.ª Taça de Portugal fazendo as contas certinhas desde 1945 como "A Bola" de quem sabia o que dizia e fazia...escreveu no início do jornal. Honrem pelo menos a memória de quem fundou um jornal e depois teve categoria para lhe dar dimensão, credibilidade e popularidade para grande parte dos chicoespertistas de agora não passarem fome! Embora isso só como figura de estilo, pois logo arranjariam poleiro noutro sítio. Ter amigos dá sempre jeito aos incompetentes! Aproveitem-se disso enquanto é tempo! Sempre o tempo. Vale para todos. Do Benfica e do não-Benfica!
4 comentários
comentários
  1. Muito bem! Embora já tivesse sido aqui cabalmente demonstrados estes pontos ainda assim +e sempre oportuno apresentar dados publicados no jornal "A Bola" quando ainda era um jornal de grande jornalistas e homens de grande rigor. Hoje em dia vê-se de tudo e diz-se de tudo. Nega-se o que é por mais evidente e que fica demonstrado quer em documentos quer em imagens. Ainda à pouco ouvi um sr. "comentadeiro" a dizer que o penalti praticado por Filipe sobre Jonas não era penalti. Os exemplos são múltiplos. Vale tudo até ao final do campeonato.

    ResponderEliminar
  2. Aprendi a ler e a escrever com o jornal "A Bola". Quem teve o privilégio de o fazer nos anos 70 e 80, como eu, sabe que isso não é de somenos. Era um jornal à altura dos grandes escritores e jornalistas que lhe emprestavam prestígio.
    Infelizmente, esses tempos já lá vão e hoje não passam de mais um jornal que envergonharia os grandes do passado. Por isso, e por muito mais, não compro o jornal há mais de 15 anos. Os outros nunca os comprei.

    Mais uma vez, obrigado por defender o nosso Benfica, caro Miguéns.

    ResponderEliminar
  3. Dr. Miguéns, parabéns, mais uma vez pela excelência do seu trabalho. Aproveito para lhe perguntar sobre o tal "Campeonato Experimental" e que, segundo o inenarrável Octávio não sei das quantas (CMTV), o Benfica "convenceu" a Federação, nos anos 80, a serem incluídos nos campeonatos ganhos! Obrigado!

    ResponderEliminar
  4. Esse campeonato "experimental" é a I liga que começa em 1934-1935 e que teve continuidade no campeonato nacional, através da mesma decisão de reformulação das provas de 1938 (FPF) que passou a designação de Campeonato de Portugal para Taça de Portugal. Não há qualquer história aí, é a mesma competição, com nome diferente e com acesso idêntico (campeonatos regionais).

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail