A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

17/04/2017

Surpresa

17/04/2017 + 4 Comentários API
A MAIOR SURPRESA QUE TIVE AO FAZER ESTE BLOGUE É O NÚMERO DE CONTACTOS DE FAMILIARES DE BENFIQUISTAS CITADOS NESTE BLOGUE.



Pensei em várias consequências quando aceitei a ideia de António Melo em fazermos um blogue - iniciado em 28 de Fevereiro de 2011 - visto ele ter forçado a que o programa homónimo terminasse na Benfica TV, em Dezembro de 2010. Mas nunca imaginei que este blogue conseguisse ter a atenção de descendentes de Glórias do Benfica, desde Fundadores, a pioneiros (primeiros aderentes) até filhos e netos de Glórias das Modalidades. A quantidade de contactos de que este blogue dispõe é já superior a meia centena. O último chegou, inesperado como todos os outros, na madrugada de ontem e publicado em (clicar). 


PLANTEL MULTICAMPEÃO - 1959/60-61(BI), 1662/63, 1965/66-67-68(TRI) e 1969/70 NOS ANOS 60


Plantel Tricampeão Nacional em 1967/68 com Nogueira (em cima, segundo a contar da direita) Foto gentilmente cedida por Mário Ferreira (Museu particular «Cosme Damião» na Atalaia/Entroncamento)

Nogueira foi uma espécie de 6.º jogador, durante a década de 60, desse «Glorioso Cinco Maravilha» que era também a Selecção Nacional, campeã da Europa e do Mundo: Ramalhete, Casimiro, Garrancho, Livramento (cap.) e Jorge Vicente. Nogueira em dez temporadas (1962 - 1971) honrou o "Manto Sagrado" em 426 jogos marcando 185 golos.

Obrigado a todos os descendentes das Glórias do Benfica que honram este blogue com os seus comentários deixando o contacto para futuros...contactos.

Alberto Miguéns
4 comentários
comentários
  1. A primeira vez que vi o Benfica ao vivo, foi numa partida de Hóquei em Patins no recinto do CACO (Campo de Ourique) estava eu na tropa.
    Ramalhete, Casimiro, Garrancho, Livramento e Jorge Vicente.
    Livramento além de golos, dava festival na arte de bem patinar!!!

    ResponderEliminar
  2. Qual foi a razão do fim do programa?

    ResponderEliminar
  3. Caro Hugo

    Devia ser o António Melo (AM) a explicar. Espero que um dia o faça. Até porque há leitores que insinuam que quando critico a BTV o faço por ressabiamento quando é totalmente falso. Critico como critico aqueles de que gosto para que sejam melhores. O AM é a pessoa indicada, por isso vou só deixar itens:

    1. O programa era emitido desde o seu início pelas 18 horas de terça-feira ou quinta-feira (já não me recordo com a certeza absoluta);

    2. O AM estava em Arcos de Valdevez a trabalhar numa telenovela e vinha de propósito a Lisboa. Para evitar deslocaçõoes semanais gravávamos dois programas de cada vez ao sábado. Um com actualidade para ser emitido nessa semana e um com temas gerais - Calabote, Datas de Fundação dos Clubes, Antigo Regime, aqueles temas habituais em que nos atacam sem razão;

    3. Tanto eu (porque trabalhava à noite) como o AM raramente víamos os programas na Benfica TV;

    3.1. Como "homem da TV" quem conduzia o programa era o AM que dizia algo do tipo: «Vamos para intervalo mas é curto!»;

    4. Um dia em que estava de férias ou doente em casa apercebi-me que entretanto o programa mudara de horário. Sem que ninguém nos dissesse. Estreava por volta das onze-e-meia da noite talvez de sexta-feira, tinha um intervalo de 20/25 minutos com a repetição do noticiário Benfica 21 Horas e depois passava a segunda parte, acabando pela uma da manhã;

    5. Na gravação do programa seguinte eu disse ao AM que não devia dizer que o intervalo era curto porque demorava 25 minutos e tinha a repetição do Benfica 21 H. Ele ficou indignado e disse que tínhamos de falar com o Ricardo Palacín;

    6. E assim foi. ele marcou a reunião e eu lá fui. Para mim era-me indiferente mas sendo AM uma pessoa ligada à televisão percebi que era sensível. eu só me indignaria se truncassem declarações acerca de opiniões ou história do Clube e nunca me apercebi disso, daí crer que nunca o fizeram em 97 programas;

    7. Estávamos em finais de Novembro ou início de Dezembro de 2010 e AM disse que o programa retomava o horário inicial ou que acabaria. Daria até final de 2010 para voltar ao "normal";

    8. RP disse que continuaria no horário em que estava mas que não queria que acabasse pois era um "programa de culto". O AM até atirou com uma piada genial: «De Culto? É um programa Oculto!»;

    9. RP propôs dividir-nos para alterar o horário. Eu continuaria com o programa EDdB (arranjando-me um parceiro, embora eu já tivesse feito meia dúzia de programas a sós ou arranjando um convidado devido ao AM não ter podido vir a Lisboa) e o AM faria um programa convidando figuras do meio artístico;

    10. Aí eu interrompi e disse ao RP. NUNCA. O programa EDdB começou com estes dois marretas e só existirá com esse nome com estes dois. Acabará este ano ou daqui a uns quantos anos com estes dois. Posso fazer milhões de programas para e na Benfica TV mas este - EDdB - só com o António Melo. O EDdB será sempre feito com esta dupla. Não aceito fazer o EDdB com qualquer outra pessoa. A fazer outro programa se o AM não for meu parceiro terá de alterar radicalmente o nome!;

    11. O RP deixou passar Dezembro de 2010, nós fomos fazendo os 3 ou 4 que ocupavam semanalmente esse mês e depois como RP não alterou o horário, já não foi feito nenhum para Janeiro de 2011. E assim acabou o EDdB. Paz à sua "alma".

    TRIsaudações Benfiquistas

    Alberto Miguéns

    NOTA: O AM e eu ficámos sempre com a ideia que o programa teve o horário de estreia alterado e repetições a horas impróprias porque num dos programas de Outubro ou Novembro criticámos o apoio de LFV a Fernando Gomes (por ser parte importante do esquema do FCP na corrupção aos árbitros) para presidente da...Liga. Agora já é da FPF!

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail