A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

31/05/2017

A Fulanização no Futebol (e no Desporto)

31/05/2017 + 7 Comentários API
O AZARADO FEJSA ACABOU SORTUDO. 



Ou como passou de correr o "risco" de não ser fulanizado como vencedor da Taça de Portugal, em 2016/17, a sê-lo jogando 24 dos 630 minutos que o Benfica disputou, ou seja, Fejsa com 4 por cento do tempo total "é tão vencedor" como Samaris que esteve 502 minutos (82 por cento dos tais sete jogos a 90 minutos) a honrar, em campo, o "Manto Sagrado".

Já se falou nisto neste blogue (e certamente não será a última vez)
Esta necessidade crescente, promovida pelos media (sempre à procura de individualizar os desportos de equipa) é mais por necessidades de terem assuntos (números para encher páginas e ocupar minutos) que para ter relevância histórica. Dei o exemplo de Fejsa por ser actual, mas podia escrever acerca de muitos outros futebolistas desde o primeiro Glorioso Título em 1909/10. Que nessas épocas a Imprensa (os media resumiam-se a folhas de papel impressas) nem listava. Nem os treinadores ou presidentes importavam. Nem eram referidos, não se "fulanizando". Não era dado qualquer destaque individual, até para não comparar futebolistas com mais ou menos contributo, tudo porque sempre se soube distinguir dentro das equipas o valor quantitativo do valor qualitativo. 

Era o Clube que conquistava
Agora até se chamam equipas aos clubes, como por exemplo: «o campeonato joga-se por 18 equipas», ouve-se e lê-se. Não! O campeonato de 34 jornadas foi jogado por 18 clubes (cada um com 34 equipas) dá....612 equipas de onze futebolistas! O Benfica não é uma equipa. É um clube que organiza equipas para representá-lo durante os jogos. Tudo uma questão de evolução civilizacional dando a primazia ao individual mesmo tendo como base o sucesso deste dentro de um colectivo.

Fejsa não "merecia" ficar de fora
Sabendo-se da voragem das listagens após cada conquista que se façam honras quantitativas. Quanto às qualitativas o tempo (e a memória) de quem viu e viveu esses sete jogos depressa se apagará.

FUTEBOLISTAS ORDENADOS PELO TEMPO DE UTILIZAÇÃO NA TAÇA DE PORTUGAL EM 2016/17

Futebolistas

Min

JT

Tit

SU

A

G
18
24
30
38
47
53
61
F
C
F
C
F
C
N
V 2-1
V 6-0
V 3-0
V 6-2
V 2-1
E 3-3
V 2-1
1/32
1/16
1/8
1/4
Meias-finais
Final
Samaris
502
6
5
1


L
90
90
76
90
90
66
Zivkovic
450
5
5
-
2
1
90

90
90
90
90

Nélson Semedo
450
5
5
-
2

90
90

90
90

90
Cervi
407
6
5
1
2
1
60
69
83

23
90
82
Lisandro
360
4
4
-
1

90

90
90

90

Júlio César
360
4
4
-


L
90
L
90
90
90

Lindelöf
360
4
4
-



90


90
90
90
Carrillo
359
6
5
1
1
1
45
19
45
90
78
82

Pizzi
353
7
3
4
2
2
30
90
17
45
47
34
90
Mitroglou
333
5
4
1
1
9
06
57
90
90
90


Jardel
270
3
3
-


L

90
90
90
L
L
Eliseu
270
3
3
-


90
90
L

90


André Almeida
270
3
3
-
1
1


90
90

90

Luisão
270
3
3
-

1
90
90




90
Ederson
270
3
3
-


90

90



90
Guedes
201
4
1
3
2
1
45
90
45
21

Grimaldo
180
2
2
-



L
L
L
L
90
90
Jonas
179
3
2
1

2
L
L

69
L
21
89
Danilo
177
3
2
1

1
90

73
14

Salvio
169
3
2
1
1
1

71
L


08
90
Rafa
165
4
2
2


L
21


67
69
08
Raúl
142
4
1
3

3
L
33
07

12
L
90
Filipe Augusto
100
3
2
1



43
56
01
Yúri Ribeiro
090
1
1
-


Equipa B
90
Equipa B
Zé Gomes
090
1
1
-


90
Equipa B
Celis
084
1
1
-


84



André Horta
045
1
-
1


L
L
L
45



Fejsa
024
1
1
-





L
L

24
NOTA: Minutos jogados; Titular; Suplente utilizado; Suplente não utilizado; Convocado não utilizadoNão faz parte do plantel; L - Lesionado; A – Assistências para golo; G – Golos

O sortudo Jovic
Para fechar esta estorieta acerca da fulanização - que ainda é mais ridícula quando se fazem equivaler títulos na Liga dos Campeões a conquistas de troféus de um jogo, como a Supertaça - eis um dos "casos" mais extraordinários das últimas duas temporadas no campeonato nacional. Para os conquistar o Benfica disputou 6 120 minutos. Repito para conquistar dois títulos de campeão nacional o "Glorioso" disputou 6 120 minutos (34 x 2 x 90 minutos). Pois a Jovic chegaram-lhe 15 minutos (0.2 por cento dos 6 120 minutos): seis minutos em 2015/16 e nove minutos em 2016/17. Há quem diga e escreva dois jogos, um em cada temporada. Pois foram mas não são 180 minutos. São 15! Que ao "fulanizar" até equivalem na "lista de dois títulos" a quem possa ter jogado os 6 120 minutos. Seria "tão duplocampeão" como Jovic com 15 minutos ou dois jogos. Como preferirem! 

Como se costuma dizer...
Para a História - daqui a 30/40 anos - será apenas um nome, sem especial significado para quem tem agora 15 anos - como tantos outros Gloriosos Futebolistas. Para nós que olhamos para essas listagens e nem sabemos quantos jogos ou minutos ou que importância tiveram jogadores de há 30/40 anos. Ou de 1935/36, por exemplo, em campeonatos com 14 jornadas. Sabemos é que têm dois títulos ou outro qualquer número de campeonatos nacionais. Fulanizando outra vez. Dois títulos como tantos outros ou mais um título em relação a quem possa ter jogado 3 060 minutos (totalista) em apenas uma edição de 34 jornadas que tenha terminado campeã para o "Glorioso".

Moral da História (ou Morais)
1. Felizmente Fejsa ainda "foi a tempo" (ainda que por pouco tempo). Sortudo azarado;
2. Dá-se actualmente desmesurada importância ao efémero;
3. Para a eternidade tudo ficará esquecido. Tudo não. Em 2016/17 o "Glorioso" conquistou o 36.º título de Campeão Nacional. O resto é tudo "instrumental" ainda que deva ser merecedor de toda a gratidão Benfiquista.

Até amanhã...Se Deus o permitir!

Alberto Miguéns

NOTA (pela 01:07): Eis os efeitos secundários da fulanização no Futebol. Faltar ao respeito a futebolistas que por este ou aquele motivo não corresponderam ao esperado e depois são enxovalhados. Mas os futebolistas têm culpa dos dirigentes os terem contratado? De quererem que eles vestissem o "Manto Sagrado"? Dos treinadores os colocarem a jogar? Deviam querer que eles negassem ou resistissem a ser contratados pelo Benfica! (clicar)
Ler Mais ►
Em Defesa do Benfica no seu E-mail