Onde Isto Chegou? - Em Defesa do Benfica
A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

08/01/2018

Onde Isto Chegou?

08/01/2018 + 1 Comentários API
PERDOA-LHES EUSÉBIO QUE ELES NÃO SABEM O QUE DIZEM!


Foi um leitor que pediu a minha opinião desde blogue acerca do que tinha acabado de ler em "A Bola".

O «trabalho» é este (clicar).



Não, não é (Clicar para Weah)
Eusébio foi o primeiro futebolista africano (nascido na África profunda) a conquistar a "Bola de Ouro" em 1965. Mesmo daqui a mil anos o primeiro futebolista a nascer em África vencedor do prémio para melhor futebolista será sempre conseguido por um extraordinário jogador chamado Eusébio da Silva Ferreira. Uma distinção - não há títulos individuais no Futebol - que honra Portugal porque foi obtida a jogar num clube português. E se houver outro "Bola de Ouro" nestas condições - jogar num clube de Portugal - será ainda um a jogar pelo Benfica.



Não foi Weah (em 1991). Eusébio jogou na Europa, tinha a nacionalidade portuguesa, mas nasceu em África (Lourenço Marques/Maputo em Moçambique). Era africano, não era europeu. Aliás numa frase inicial até escreveram: «Fez a Europa olhar para a África como um País de talentos». Afinal Eusébio sempre era de África embora não fosse africano.


Não, não foi (clicar)
O brasileiro Lêonidas não foi o primeiro. Foi o terceiro no Mundial de 1938 (França). O primeiro foi o argentino Guillermo Stábile, em 1930, com fase final no Uruguai. Eis o excelente futebolista descrito com a responsabilidade da Wikipédia (clicar).



Ao menos podiam ter citado o blogue de onde retiraram a ideia (clicar)
Copiam para um texto publicado em 4 de Janeiro de 2018 enquanto o original data de 20 de Novembro de 2016. Há mais de dois anos. E ter cuidado em não "mexer" em textos de assuntos que não dominam? Daí o erro em considerar Lêonidas que foi o primeiro negro a sagrar-se o melhor marcador mas no terceiro Mundial, com sete golos (clicar). No blogue está correcto (clicar).



E o primeiro futebolista negro com grande destaque mundial foi Ben Barek (clicar)
Nasceu em Marrocos, em 1914 (faleceu em 1992), filho de pais senegaleses. Que é ignorado na lista do blogue e, claro, não é copiado para "A Bola". Primeiro futebolista negro africano que se tornou lenda mundial. Jogou nos melhores clubes franceses (anos 30, 40, 50 e 60) no Clube Atlético de Madrid (1948/1953) e na selecção francesa (1938/1954; 19 jogos com três golos - segundo a wikipédia - para um centrocampista prejudicado pela inexistência de jogos devido à Segunda Guerra Mundial).



Se há quem tenha mérito por se lembrar desta lista dos sete negros que mudaram o futebol Mundial
Assinam como se fosse uma escolha e ideia da Redacção do jornal quando foi ideia de outro e reduzem os textos a uma fase caricaturando o trabalho. Foi o brasileiro Rafael Reis que "A Bola" copiou, truncou e ignorou. 

Em vez de serem os blogues (em princípio amadores) a citarem «A Bola» é esta a copiar blogues?! Como bons cábulas erram e escondem!

Alberto Miguéns

NOTA: Isto não é bonito Francisco J(anota) Marques. apaguem se puderem...

1 comentários
comentários
  1. Esta porcaria dos tempos em que vivemos permite que qualquer produto "fast food" seja servido como se de um prato de cozido à Portuguesa se tratasse!
    Basta um qualquer animal saber escrever e colar uma etiqueta no produto!
    E o mais aborrecido disto tudo é que a jusante, o consumidor, a quem lhe foi lenta e propositadamente retirada a capacidade de raciocinar, papa o artigo como se fosse verdadeiro!

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail
Apoio de:

ranking