A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

18/04/2017

As Mentiras Acerca do Dérbi

18/04/2017 + 4 Comentários
NA VERDADE É MAIS ACERCA DO BENFICA E DO SPORTING CP EM RELAÇÃO AO DOMÍNIO NO CAMPEONATO NACIONAL.



 Assim que se aproximam os jogos entre o Benfica e o Sporting CP, entre conversas, telefonemas e questões há duas que são recorrentes. Mas há mais. Ainda ontem pela tarde tive de elucidar um Benfiquista e fazer uma tabela para um sportinguista.Vamos lá às duas mais "insistentes":

1.ª O Benfica só ultrapassou a Sporting, em campeonatos conquistados, recuperando de grande desvantagem, depois do Eusébio jogar?

NÃO

2.ª O Sporting dominou os campeonatos nacionais até aos Anos 60?

NÃO

Comecemos por esta, pela 2.ª
Nem de propósito eis um recorte que me caiu no colo (ou seja no computador). Como se pode ver o Benfica teve sempre mais títulos que o Sporting CP até 1950/51, ou seja, durante as 17 primeiras edições do campeonato nacional: SLB (7), SCP (6), FCP (3) e CF "Os Belenenses" (1). Até 1959/60 - 26 edições realizadas - os dois clubes conquistaram vinte (dez títulos para cada um). Em 26 edições o Benfica superou o SCP em 17 temporadas (65 por cento), esteve igualado em quatro (1934/35 a zero), 1951/52 (a sete), 1956/57 (a nove) e 1959/60 (a dez). De 17 pró-SLB + 4 "empates" (são 21). De 21 para 26, restam cinco (19 por cento) em que o Sporting CP se superiorizou ao "Glorioso": 1952/53, 1953/54, 1954/55 e 1957/58. O Sporting CP NUNCA teve mais do que dois títulos e apenas por uma vez (em 1953/54) enquanto o SL Benfica teve, até 1959/60, em duas temporadas quatro triunfos à maior (em 1942/43 e 1944/45).

(clicar em cima para obter melhor visualização)

Depois por décadas
Em 1960/61 (ainda sem Eusébio) o Benfica ultrapassou o Sporting CP com 11/10; o SCP igualou (a onze) em 1961/62 (com o Bicampeão Europeu em 3.º lugar na classificação geral do campeonato nacional) e depois foi sempre a distanciar-se:
1969/70: SCP com 13 e SLB com 17 (+ 4);
1979/80: SCP com 15 e SLB com 23 (+ 8);
1989/90: SCP com 16 e SLB com 28 (+ 12);
1999/2000: SCP com 17 e SLB com 30 (+ 13);
2009/10: SCP com 18 e SLB com 32 (+ 14);
2015/16: SCP com 18 e SLB com 35 (+ 17).

Quando Eusébio se estreou com o "Manto Sagrado" o Benfica tinha 11 títulos e o Sporting CP conseguira 10!
Não foi necessário Eusébio para o Benfica ultrapassar o Sporting CP. Antes de Eusébio jogar, o Benfica tinha mais um título (11/10) que o SCP. Quando Eusébio deixou de jogar (1974/75) o Benfica tinha mais seis títulos (21/14). Agora tem mais 17 (35/18).



O "Glorioso" conquistou o 11.º título na 23.ª jornada (domingo), em 23 de Abril de 1961, na recepção na "Saudosa Catedral" ao SC Braga, vencendo por 7-1.

Eusébio estreou-se no Campeonato Nacional (marcando o segundo golo) na 26.ª jornada, em 8 de Junho de 1961, quarta-feira, no estádio do Restelo frente ao CF "Os Belenenses", vencendo por 4-0! Quando Eusébio se estreou, na última jornada, já o Benfica conquistara o título a quatro jornadas do final do 27.º Campeonato Nacional!

Grandezas incomparáveis. Se o Sporting CP é um clube Grande (e é!) o que dizer do Benfica!

Alberto Miguéns




4 comentários
comentários
  1. Limpinho...limpinho...limpinho. É como diz o cérebro da Reboleira; númaros, são númaros e titalos, são titalos!!!

    ResponderEliminar
  2. O Benfica é o Enorme! :-))

    ResponderEliminar
  3. Alberto Miguéns, para quando um livro seu com todos estes factos, que tão bem ilustra nas suas crónicas?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Flávio Oliveira

      Agradeço o elogio pois a frase é sucinta mas com conteúdo considerando que o que publico são temas de interesse Benfiquista.

      Penso que ainda me falta saber um pouco mais acerca do nosso Glorioso e como é mesmo glorioso atrás do pouco vem sempre muito mais. E lá vou eu com prazer saber esse mais.

      Agora sem dúvida é um grande elogio - daí o agradecimento inicial - pois é feito por um Benfiquista que considero (sem nada conhecer a não ser o nome e a frase) igual a mim. A nós.

      Entre Benfiquistas nada há de melhor que outros Benfiquistas nossos iguais elogiarem o que fazemos. Porque será sempre por sinceridade. Nada de material quer em troca, pois nada posso dar. Nem eu quero em troca, pois nada de material me pode dar.

      Obrigado. Com sinceridade.

      TRIsaudações Benfiquistas

      Alberto Miguéns

      NOTA: Um dia haverá um livro...só não sei quando.

      Eliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail